19 de fev de 2017

(OPINIÃO) FOMOS HERÓIS

imagem: AdoroCinema
Filme: Fomos Heróis
Ano: 2002
Classificação: 16 anos
Gênero: Guerra, Ação, Histórico
Elenco: Mel Gibson, Madeleine Stowe, Greg Kinnear, Sam Elliot, Chris Klein, Barry Pepper e Jsu Garcia
Direção: Randall Wallace
Duração: 2h19min
Sinopse: Em plena Guerra do Vietnã, o tenente-coronel Hal Moore (Mel Gibson) e mais 400 integrantes do exército norte-americano, todos da elite de combate, são cercados por 2000 soldados vietnamitas. A batalha que se segue a partir de então se torna uma das mais sangrentas da história militar norte-americana, fazendo com que posteriormente o lugar onde ela ocorreu seja conhecido como o Vale da Morte.

imagem: AdoroCinema

Opinião: O filme, que se passa na Guerra do Vietnã, não deixa à desejar no quesito "filme de guerra". Muito sangue, confrontos, mortes, tudo o que acontece em uma guerra é mostrado no filme, com cenas fortes e realistas.

No começo do filme conhecemos melhor o batalhão e suas famílias, muitos soldados são jovens e estão recém formando uma família. Este início é o momento onde o telespectador cria um certo vínculo com os personagens, o que torna o momento da guerra mais tocante. 

O plus do filme se encontra justamente nesse lado familiar,  principalmente no momento em que ocorre a guerra, quando as mulheres esperam pela volta dos soldados, e muitas recebem as cartas informando a morte dos seus maridos.

Obviamente o filme traz a visão Americana da guerra, mas é válido para entender esse fato histórico e também para compreendermos melhor o lado das famílias que sofrem com as perdas de uma guerra.

Não achei o trailer do filme, então vou colocar uma cena:

12 de fev de 2017

DIÁRIO DE UM JORNALISTA BÊBADO

imagem: Adoro Cinema
Filme: Diário de Um Jornalista Bêbado
Ano: 2012
Gênero: Comédia, Aventura e Drama
Elenco: Johnny Depp, Aaron Eckhart, Michael Rispoli, Amber Heard, Richard Jenkins, Giovanni Ribisi e Amaury Nolasco
Direção: Bruce Robinson
Sinopse: Baseado no romance de Hunter S. Thompson, Diário de um Jornalista Bêbado conta a improvável história do jornalista itinerante Paul Kemp (Johnny Depp). Cansado da vida frenética de Nova Iorque e das convenções morais de uma América conservadora, ele viaja à bela ilha de Porto Rico, para trabalhar em um jornal local, o "The San Juan Star", administrado pelo tirânico Lotterman (Richard Jenkins). Adotando o ritmo calmo do lugar, regado a muito rum, Paul começa a se apaixonar por Chenault (Amber Heard), noiva de Sanderson (Aaron Eckhart), um dos maiores empresários da cidade. Ganancioso, Sanderson planeja converter Porto Rico num paraíso do capitalismo. Quando Kemp é recrutado por Sanderson para escrever um artigo favorável a respeito de sua nova e corrupta empreitada, ele é confrontado com um dilema: deve ajudar o empresário, ou aceitar os riscos e aproveitar para denunciá-lo? 

imagem: Ccine 10

"Agora é hora de esquecer o passado e retomar a construção da sua vida." (Diário de Um Jornalista Bêbado)

Opinião: Quando comecei a assistir o filme, não sabia muito bem o que esperar da história, quando li a sinopse imaginei algo completamente diferente. Pensei que o foco seria completamente no romance entre Paul e Chenault, mas para minha grata surpresa, Diário de um Jornalista Bêbado é um filme rico em conteúdo e faz você refletir sobre diversas questões ideológicas. 

O início do filme é bem parado e me fez imaginar que eu tinha escolhido o filme errado para assistir, mas calma, aos poucos a história vai ganhando personagens cômicos e marcantes, e as situações em que Paul e seu amigo fotógrafo Bob Sala se metem são inacreditáveis e dão um toque mais leve ao filme. O enredo do filme é muito bom, trata-se de um jornalista (Paul) que tem que escolher entre escrever artigos favoráveis em relação aos investimentos de Sanderson, ou seguir sua ideologia e denunciar o empresário, já que o tal investimento seria construir um hotel em uma ilha de Porto Rico, expulsando os moradores locais para transformar um local em uma espécie de resort.

Ao mesmo tempo em que Paul aceita trabalhar para Sanderson, ele percebe que o que está acontecendo é muito errado, e de uma forma ou de outra eles está colaborando com aquilo. Durante o filme todo ele enfrenta esse dilema, além de ter que lidar com a paixão que sente por Chenault, esposa de Sanderson e também manter seu trabalho em um jornal local que está quase falindo. 

As decisões que ele toma e o que acontece com Chenault e o jornal eu não posso contar aqui pois estaria contando o final do filme, vale a pena conferir!

Confira o trailer:
    

11 de fev de 2017

(EDITORA GALERA RECORD) PRÉ-VENDA DE NUNCA JAMAIS - PARTE DOIS

A editora Galera Record anunciou a pré-venda do livro Nunca Jamais - Parte Dois, o lançamento está previsto para o dia 14 desse mês*.


Compre o livro Nunca Jamais aqui

imagem: Skoob
Sinopse: Um garoto abre os olhos e sequer se lembra que seu nome é Silas. O telefone toca... “Encontrou ela?”, pergunta a voz do outro lado da linha. Quem é ela? Quem sou eu? Charlie se vê presa em um lugar parecido com quartos de hospital (ou de um manicômio). Também não se lembra de nada, nem sequer do próprio rosto. O tempo passa e ninguém vem salvá-la. Ela precisa escapar por conta própria. Aos poucos, os dois descobrem que vêm perdendo a memória em períodos cíclicos. E também que se amam imensamente. Numa corrida para descobrir a razão dos apagões em suas memórias, Silas e Charlie acabam descobrindo muito mais sobre si e os mistérios que envolvem suas famílias. Mas muito em breve vão esquecer tudo de novo. E precisam estar juntos para evitar o pior.



*a data de lançamento pode variar dependendo da livraria

10 de fev de 2017

(EDITORA RECORD) PRÉ-VENDA, A MALDIÇÃO DE STALIN

Está em pré-venda o livro A Maldição de Stalin, do historiador Robert Gellately.

Onde comprar: AmazonLivraria Cultura, Livraria da Travessa, Submarino ou Saraiva.

imagem: Saraiva
Sinopse: Nos anos 1930, já tendo se tornado em tudo um ditador, Stalin empregava o terror como método de governo, justificando-o como maneira de preservar a revolução dos ataques de seus inimigos internos e externos. Ao mesmo tempo, fomentava um culto à liderança que o transformou em uma espécie de deus, a inspirar ativistas e simpatizantes ao redor do mundo. Com base em numerosos documentos originais russos e outras fontes do Leste Europeu, liberados após o fim da União Soviética, além de muitos outros documentos alemães, americanos e ingleses, o historiador best-seller Robert Gellately delineia as origens da crescente influência internacional do tirano, que se inicia nos primeiros dias da Segunda Guerra Mundial e permanece mesmo após sua morte, em 1953. O autor ainda examina o papel central desempenhado por Stalin – com consciência estratégica – no trabalho de implementar o comunismo na Europa e em todo o mundo, de maneira que, ainda hoje, muitos milhões de pessoas aguentam nos ombros seu legado – ou sua maldição.

GIRLBOSS, A NOVA SÉRIE DA NETFLIX

A Netflix anuncia mais uma série original, a comédia Girlboss conta a história de Sophia Amoruso

A estreia da série está prevista para o dia 21 de Abril, confira o teaser.