14 de mai de 2017

Opinião: Meu Nome é Rádio

imagem: Janela Singular
Filme: Meu Nome é Rádio
Ano: 2003
Duração: 1h49min
Gênero: Drama
Elenco: Cuba Gooding Jr., Ed Harris, Debra Winger, Alfre Woodard, Sarah Drew, S. Epatha Merkerson e Riley Smith
Direção: Michael Tollin

Sinopse: Anderson, Carolina do Sul, 1976, na escola secundária T. L. Hanna. Harold Jones (Ed Harris) é o treinador local de futebol americano, que fica tão envolvido em preparar o time que raramente passa algum tempo com sua filha, Mary Helen (Sarah Drew), ou sua esposa, Linda (Debra Winger). Jones conhece um jovem "lento", James Robert Kennedy (Cuba Gooding Jr.), mas Jones nem ninguém sabia o nome dele, pois ele não falava e só perambulava em volta do campo de treinamento. Jones se preocupa com o jovem quando alguns dos jogadores da equipe fazem uma "brincadeira" de péssimo gosto, que deixou James apavorado. Tentando compensar o que tinham feito com o jovem, Jones o coloca sob sua proteção, além de lhe dar uma ocupação. Como ainda não sabia o nome dele e pelo fato dele gostar de rádios, passou a se chamá-lo de Radio. Mas ninguém sabia que, pelo menos em parte, a razão da preocupação de Jones é que tentava não repetir uma omissão que cometera, quando era um garoto. 

Imagem: Cultura intratecal

Opinião: Inspirado em uma história real, o filme Meu Nome é Rádio nos mostra como muitas vezes, nos falta compreensão para lidarmos com pessoas como James. 

James é um jovem que tem um coração puro, como a mãe dele diz no filme, ele só quer poder participar de tudo o que acontece ao redor dele, mas a maioria das pessoas não o entende. E assim que o treinador Jones se propões a ajudar ele, sobra pessoas para julgar, e poucas o ajudam.

A interpretação de Cuba Gooding Jr. é impressionante. Não é um personagem simples de ser interpretado, vai muito além de apenas decorar algumas falas, ele soube dar vida ao James e nos passar toda a carisma do personagem.  

O drama tem uma carga emocional adequada, não se torna aqueles filmes em que é quase impossível não chorar, como Marley e Eu, mas ao mesmo tempo ele comove quem o assiste, trazendo uma reflexão importante.

Trailer: 

3 comentários:

  1. Oi Cássia! menina que boa lembrança vc me deu agora. faz anos que vi Meu nome é rádio e lembro que chorei horrores com esse filme! A história é lindíssima e concordo com vc, Cuba Gooding Jr. está impressionante como protagonista! Amei!!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  2. Acredita que não chorei com Marley e eu? HAHAHA Mas enfim, gostei do tema do filme!

    www.vestindoideias.com

    ResponderExcluir
  3. Olá
    Eu assisti esse filme a muito tempo, na escola. Me deu até saudade agora, poque não me lembro muito bem do filme.

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir